Posts de Rebecca Alves

Não tem problema ser baleia 🐳

Em 06.02.2017   Arquivado em Textos
Photo by: Thomas Kelley via unsplash.com #pracegover No centro da tela está uma baleia jubarte com cabeça e boa parte do corpo fora da água. Ela se joga de costas na direção direita, com nadadeiras esticadas para a esquerda. O céu está claro e o mar está azul e calmo.

Photo by: Thomas Kelley via unsplash.com
#pracegover No centro da tela está uma baleia jubarte com cabeça e boa parte do corpo fora da água. Ela se joga de costas na direção direita, com nadadeiras esticadas para a esquerda. O céu está claro e o mar está azul e calmo.

Não, você não leu errado, não tem problema nenhum em ser baleia. Assim como não tem problema ser elefante, hipopótamo, rinoceronte, não tem nada de errado em ser grande e forte.

Quando você é uma criança ou adolescente gordo, você costuma escutar de coleguinhas não muito queridos que você é algum desses mamíferos. Você é gordo, já sofre horrores por se sentir diferente das outras pessoas, por ter dificuldade de comprar roupas, ter medo de sentar em cadeiras de plástico, não conseguir sentar direito na poltrona do cinema, ter medo de não conseguir passar na catraca do ônibus, ir ao médico com uma dor no joelho porque adivinha? Você está crescendo! E o médico falar que o problema é o fato de que você é gordo e precisa emagrecer! Como se tudo isso não bastasse, esse peso extra ainda incomoda e causa desconforto nos teus colegas de classe.

Eu não sei ao certo porque isso acontece, provavelmente porque somos bombardeados com notícias e informações que estão o tempo todo dizendo o quanto é errado, feio e doente ser gordo. Mas isso não é verdade! Você pode pesar quantos quilos quiser porque só você tem direito de ser fiscal da tua vida. Você resolveu emagrecer por que achou que seria bom pra você? Isso é ótimo! Você resolveu continuar gorda porque está muito bem assim? Isso também é ótimo! Você é seu guia, só você pode fazer tuas escolhas. Você não tem que se encolher porque a sociedade não consegue compreender e respeitar a existência de pessoas gordas, nós precisamos fazer barulho, e a sociedade vai ter que se adequar.

Eu aposto que você é uma pessoa linda por inteiro, por dentro, por fora, do avesso, e ninguém tem o direito de medir o teu valor por quantos quilos você pesa. Não existe essa de “você tem um rosto lindo, mas se emagrecesse 10kg ficaria perfeita”, você é perfeita como você é, e se alguém falar o contrário pode ter certeza que essa pessoa não merece falar contigo nem com seu anjo. hahaha

Ser magro ou gordo não diminui quem você é. Não existe valor moral, financeiro em ser magro ou gordo, não existe valor nenhum. Nada disso te torna certo ou errado, te torna apenas humano, com características que formam quem você é, assim como ser baixo, alto, loiro, moreno. Você está apenas existindo, e ninguém tem direito de tornar tua existência ainda mais difícil.

É exatamente por esse motivo que eu escolhi ser uma baleia: baleias são mamíferos incríveis, enormes e pesados que chamam atenção por onde passam, que causam medo, espanto, mas também causam encantamento e amor, possuem um canto incrível e são seres maravilhosos. Não existe uma forma de passar despercebida sendo baleia, não existe uma forma de se sentir pequeno e inferior porque você é linda, graciosa e ainda é o maior mamífero do planeta! E é por isso que hoje eu sou uma baleia.

E você? O que gostaria de ser?

Tatuagem e foto por: Luciano Tattoo #pracegover uma tatuagem de baleia jubarte feita em pontilhismo preto e cinza.

Tatuagem e foto por: Luciano Tattoo
#pracegover uma tatuagem de baleia jubarte feita em pontilhismo preto e cinza.

*Por esse motivo tenho uma tatuagem de baleia no braço (foto acima)

**Se alguém também tiver tatuagem de baleia me manda, vou amar receber! ♥

Adivinha quem chegou

Em 23.11.2016   Arquivado em Looks, Pessoal e blá blá blá, Textos
(Primeiro lookinho no blog)

(Primeiro lookinho no blog)

Oi, gente!

Eu sou a nova colaboradora e coautora do maruja! Meu nome é Rebecca, sou do Distrito Federal, tenho ~quase~ 22 anos (dezembro já ta aí). Sou estudante de comunicação social e, em um passado não tão distante assim, fui estudante de psicologia. Já tive o cabelo de todas as cores do arco-íris, mas hoje prefiro cuidar pra ele crescer e ficar fortinho. Entre outros aspectos que espero falar em postagens futuras, tenho alguns piercings, alargador e 14 tatuagens.

Costumo ler de Dostoievski a Meg Cabot, mas o que eu gosto mesmo é de distopias: 1984, Admirável mundo novo, jogos vorazes… sem preconceitos, clássicos e modernos possuem um lugar especial na minha prateleira e é por esse motivo que uma das minhas colaborações pro blog serão resenhas de livros. Vou me esforçar pra não dar spoiler e dar notinhas de acordo com o que achei dos livros.

Gosto de desenhar, pintar, costurar, customizar e quando meu tempo permite estou sempre inventando projetos e ideias mirabolantes que passam pela minha cabecinha de vento. Espero colaborar com ideias de DIY para vocês.

Também gosto de moda e acredito que deveria ser acessível para todos que se interessam por ela. Sou plus size e, por isso, estou sempre em busca de adaptações e lojinhas acessíveis que produzam roupas para mulheres grandes como eu, pretendo postar meus looks do dia pelo menos uma vez por semana também!

Por último, sou feminista, militante body positive e sempre que houver oportunidade quero escrever sobre. Espero que vocês curtam minha participação e espero estar trazendo novidades e conteúdos que interessem vocês.

Caso vocês queiram falar comigo, entrem em contato através da pagina do blog ou pela minha pagina pessoal do facebook.